Memórias póstumas de Brás Cubas em cordel MO9093

Memórias póstumas de Brás Cubas em cordel

Ref.: MO9093 Compra Segura

Publicado em 1881, o romance Memórias póstumas de Brás Cubas
chamou a atenção da crítica, que não sabia como classifi car a obra
definidora dos novos rumos da literatura brasileira.

Para não ser trivial
Como fui quando vivi,
E por ser Memórias póstumas
De Brás Cubas, isto aqui,
Trata-se da minha história
Feita depois que morri.

É esta obra-prima da literatura brasileira e universal que o poeta Varneci Nascimento adaptou para a Coleção Clássicos em Cordel, numa justa homenagem ao genial escritor Machado de Assis.

R$ 36,90

Escolha uma opção

Produto indisponível
Autor: Machado de AssisAno de Edição: 2015Nº de paginas: 56
Tradutor: -Ano: 2008Peso: 0,186
Adaptação: Varneci NascimentoISBN: 978-85-7492-252-2Comprimento: 23
Ilustrador: Cristina CarnelósEdição: 3ºAltura: 16
Idioma: Português Coleção: Clássicos em cordelEspessura/Lombada: 0,3
Editor: Marco HaurélioVolume: 12Encadernação: Brochura

Biografia do Autor:

Joaquim Maria Machado de Assis nasceu no Rio de Janeiro, no dia 21 de junho de 1839. Era filho do pintor de parede Francisco José de Assis e da portuguesa Maria Leopoldina. O pai era mulato, de origem muito humilde. Ainda pequeno, ficou órfão de mãe. Francisco, seu pai, casou-se com Maria Inês. O pequeno Machado foi entregue aos cuidados da amorosa madrasta, pois o pai morreria pouco tempo depois do segundo casamento. Desde menino, Machado ajudava Maria Inês, que era doceira, vendendo doces e balas. O padre Silveira Sarmento ajudou-lhe nas primeiras lições. Aos 16 anos, Machado chamou a atenção do livreiro e tipógrafo Paula Brito, que bancou a publicação de seu primeiro poema, “Ela”. Aos 18 anos, tornara-se revisor e livreiro na tipografia, atividades que o aproximaram do mundo das letras, possibilitando-lhe importantes contatos.


O poeta Varneci Santos do Nascimento nasceu em Banzaê, Bahia, no dia 24 de abril de 1978. Revelação da poesia popular, Varneci é autor de cerca de 150 folhetos de Cordel, muitos dos quais contam histórias bíblicas. Seu primeiro folheto foi escrito em 1998. Graduado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, profere palestras e ministra oficinas sobre literatura de cordel. Atualmente, reside em São Paulo. Autor, entre outros, dos seguintes títulos: O massacre de Canudos, A morte e a justiça, Cangaço – um movimento social, Visita de Lampião a Padre Cícero no Céu. Para a Coleção Clássicos em Cordel, escreveu Memórias póstumas de Brás Cubas e A escrava Isaura.

Clássicos

Brochura

Romance

Cordel

Poesia

Literatura brasileira

LIteratura InfantoJuvenil

Aproveite Também