Jovem Che Guevara (O) MO9098

Jovem Che Guevara (O)

Ref.: MO9098 Compra Segura

Ele gostava de ler Pablo Neruda, era um grande aventureiro e conquistador – apesar de não ser lá muito chegado em banhos... Neste romance biográ­fico, Roniwalter Jatobá mistura ­ficção e história real para narrar a juventude de um dos maiores ícones da esquerda latino-americana: Ernesto Che Guevara. As molecagens do tempo em que ainda era o “Ernestito”, as peripécias para driblar a asma que o acompanhou pela vida toda, as aventuras amorosas, as leituras, as brincadeiras com os amigos e as famosas viagens de motocicleta – retratadas no filme Diários de motocicleta, de Walter Salles – aparecem aqui mescladas com fatos que marcaram a História recente da América Latina. O jovem Che Guevara narra os anos de formação deste homem que buscou a igualdade e a justiça social, fosse em Cuba, na Argentina, no Peru ou na Bolívia. E a figura sorridente e carismática deste soldado sem fronteiras com certeza ­ficará marcada por longo tempo, no coração de muita gente.

R$ 42,90

Escolha uma opção

Produto indisponível
Autor: Roniwalter JatobáAno de Edição: 2012Nº de paginas: 160
Tradutor: - Ano: 2004Peso: 0,248
Adaptação: - ISBN: 978-85-7492-293-5Comprimento: 14
Ilustrador: - Edição: 3ºAltura: 21
Idioma: Português Coleção: Jovens sem fronteiraEspessura/Lombada: 0,5
Editor: Nelson dos ReisVolume: 1Encadernação: Brochura



Biografia do Autor: Roniwalter Jatobá de Almeida (Igreja Nova, atual Campanário. Minas Gerais, 1949). Contista, romancista e cronista. Em 1960, muda-se com a família para Bananeiras, Bahia, e conclui seus estudos secundários em Campo Formoso, Bahia. Incentivado por seus professores, em 1961,  escreve poemas inspirados no poeta Augusto dos Anjos (1884 - 1914). Aos 15 anos começa a trabalhar com o pai transportando mercadorias em caminhão. Muda-se para São Paulo, em 1970, e vai morar no bairro de São Miguel Paulista, empregando-se como operário na indústria química, e depois, em São Bernardo do Campo, na indústria metalúrgica. Em 1973 transfere-se para São Paulo, para trabalhar como gráfico na Editora Abril. Conclui o curso secundário, fazendo o supletivo noturno, e é transferido para a redação de uma das revistas do grupo.

Literatura brasileira

LIteratura InfantoJuvenil

Brochura

História

Ficção

Aproveite Também