Contos de fantasmas sem natal NO251200

Contos de fantasmas sem natal

Ref.: NO251200 Compra Segura

Certamente tanto o público brasileiro, assim como o de língua inglesa, está familiarizado com o “Cântico de Natal”, de Charles Dickens, uma história em que três fantasmas ajudam o protagonista e descobrir o significado do natal. Mas os fantasmas também estão presentes em vários outros contos do clássico autor inglês, independentemente do 25 de dezembro. Este volume da coleção Clássicos do Medo reúne as melhores histórias de fantasmas de Dickens, que conduz o leitor aos limites da realidade, em textos onde não se sabe o que pode ser verdade ou o que se trata de imaginação.
Charles Dickens não escrevia apenas sobre crianças vitimadas pelas crueldades da Inglaterra vitoriana. Ele também era um primoroso criador de histórias de fantasmas. Essas histórias, conhecidas como ghost stories no mundo anglo-saxônico, são uma joia na obra de Dickens. Compostas com o colorido, a precisão e a concisão de um grande artista da narrativa, elas cumprem seu papel de provocar medo no leitor, na medida em que mesclam o sobrenatural com a realidade cotidiana, reconhecível para todos nós.

R$ 44,50

Escolha uma opção

Produto indisponível
Autor: Charles DickensAno de Edição: 2019Nº de paginas: 160
Tradutor: Antonio Carlos Olivieri, Maria Regina de Almeida e George SchlesingerAno: 2019Peso: 0,217kg
Adaptação: - ISBN: 978.85.7492.468-7Comprimento: 14 cm
Ilustrador: -Edição: 1ºAltura: 21 cm
Idioma: PortuguêsColeção: Clássicos do MedoEspessura/Lombada: 1 cm
Editor/Organizador:  Augusto RodriguesVolume: -Encadernação: Brochura


Biografia do Autor: Charles John Huffam Dickens (Landport, 7 de fevereiro de 1812 — Higham, 9 de junho de 1870) foi o mais popular dos romancistas ingleses da era vitoriana. No início de sua atividade literária também adotou o apelido Boz. A fama dos seus romances e contos, tanto durante a sua vida como depois, até aos dias de hoje, só aumentou. Apesar de os seus romances não serem considerados, pelos parâmetros atuais, muito realistas, Dickens contribuiu em grande parte para a introdução da crítica social na literatura de ficção inglesa. Entre os seus maiores clássicos estão David Copperfield e Oliver Twist.

Brochura

Aproveite Também