História de uma escadaria MO9155

História de uma escadaria

Ref.: MO9155 Compra Segura

Essa história começa num tempo distante quando os índios usavam uma estreita rampa que dava acesso à parte alta da Ilha do Mel. Vieram os portugueses, foi implantada a escravidão e a rampa passou a se chamar Ladeira do Pelourinho. Ainda era íngreme e estreita. O povo a chamava, também, Ladeira da Cadeia e Ladeira do Trapiche.
Maria Ortiz é uma heroína capixaba. Graças a ela foi organizada uma resistência à invasão holandesa na capital do Espírito Santo, em 1625. Sua coragem não foi esquecida. A escadaria Maria Ortiz, em Vitória, assim chamada em sua homenagem, é a narradora desta fascinante história, aqui recontada pela escritora Neusa Jordem Possatti.

R$ 39,90

Escolha uma opção

Produto indisponível
Autor: Neusa Jordem PossattiAno de Edição: 2015Nº de paginas: 28
Tradutor: - Ano: 2011Peso:  0,175
Adaptação: - ISBN: 978.85.7492.194-5Comprimento: 23
Ilustrador: Valeriano

Edição: 3

Altura: 16
Idioma: PortuguêsColeção: Patrimônio imaterialEspessura/Lombada: 0,4
Editor:  Luis KehlVolume: 2ºEncadernação: Brochura


Biografia do Autor: Neusa Jordem Possatti é natural de Muniz Freire, Espírito Santo. Vive em Iúna, no mesmo Estado, há mais de vinte anos. Graduada pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre. Membro da Academia Feminina Espírito-Santense de Letras, ocupante da cadeira nº. 36, membro correspondente da Academia Cachoeirense de Letras e vice-presidente da Academia Iunense de Letras. Faz parte de movimentos pastorais da Igreja Católica e de movimentos em defesa da vida.

História

Brochura

Literatura Infantil

Aproveite Também